Tags

, ,

A capacidade de memorização amplia-se a partir do treino constante. Quanto mais o aluno se esforça para memorizar novos conteúdos, o cérebro é condicionado a gravar facilmente as informações. Não significa que a pessoa está se tornando mais inteligente, somente que, mecanicamente, consegue memorizar mais matérias por dia.

A memória é a base do processo educacional e, por isso, os alunos devem criar estratégias para ampliar o potencial. A aprendizagem está intrinsecamente ligada à capacidade de memorizar. Sem essa função cognitiva do cérebro, a proposta educacional não se cumpre.

A seguir, veja dicas para ampliar sua capacidade de memória:

1 – Faça associações criativas
A melhor forma de gravar os conteúdos estudados é por meio da escolha de elementos engraçados que possam ser associados com os originais, que devem ser lembrados. Embora esta dica pareça banal, realmente funciona. Outra possibilidade é anotar as comparações para que você não as esqueça.

2 – Faça pausas nos estudos
Nossa capacidade de memorização tende a diminuir quanto mais horas estudamos. O ideal é dividir o tempo de estudo em algumas partes, que melhor se enquadrem no seu perfil. Sessões de uma hora de estudo por dia podem ser mais produtivas que uma de muitas horas seguidas, por exemplo.

3 – Use sua mente e corpo
Cada pessoa se sente melhor com um método de estudos, mas utilizar o corpo como aliado no aprendizado costuma ajudar a todos. Algumas dicas são ler em voz alta, fazer resumos, consultar suas anotações enquanto anda para a instituição de ensino ou desenhar figuras que remetam ao conteúdo.

4 – Repita o que você precisa memorizar
Leia os conteúdos para você mesmo, em voz alta, para gravar melhor os tópicos necessários. A ideia é saturar o cérebro de todas as formas possíveis para fixar mais conteúdos.

5 – Diminua o barulho externo
Escolha um local de estudo com a menor quantidade de ruídos possível. Caso você goste de ouvir músicas, é recomendável que opte por músicas clássicas ou qualquer estilo que o mantenha focado no objetivo principal.

6 – Seja otimista
Por mais que alguns conteúdos programáticos sejam difíceis de estudar, por falta de identificação, tente realizar conexões a partir dele para sua vida. Além disso, procure achar o assunto mais interessante, assim o estudo será facilitado.

7 – Estude nos seus horários mais produtivos
Encontrar um período do dia em que você esteja mais apto a estudar é fundamental para aflorar a capacidade de memorização. Após esse reconhecimento, reserve esse horário todos os dias.

Fonte: Universia

Anúncios